contato@dradeboraoria.com.br || (11) 3071-2843 / (11) 9 4536-6000

Mitos e Verdades sobre Cesárea

Home > Blog > Dicas > Mitos e Verdades sobre Cesárea

Quando uma mulher descobre que será mamãe ela tem que tomar muitas decisões, entre elas se o nascimento do bebê será por uma cesárea ou parto normal. Nesse momento muitas dúvidas surgem, então vou esclarecer seis perguntas frequentes sobre o assunto.

  1. É verdade que quem fez uma cesárea não pode ter filho por parto normal depois?
    – Isto não é uma verdade. Pacientes que tiveram uma cesárea anterior podem sim tentar o parto normal. Entretanto, para aquelas com múltiplas cesáreas não se torna seguro a tentativa do parto normal, pois existe o risco de rotura uterina. As vezes o motivo que se levou a ter a cesárea está presente novamente na gestação, como apresentação fetal anômala, cicatriz uterina previa e bacia desfavorável. É necessário saber qual foi o motivo pelo qual a primeira cesárea foi indicada.
  2. A mulher que fez cesárea corre mais riscos ao tentar o parto normal depois? Por quê?
    – Não corre mais risco se ela estiver sendo seguida adequadamente no seu trabalho de parto. Existe o risco aumentado de rotura uterina a partir da segunda cesárea.
  3. Para ter o parto normal depois da cesárea, é preciso que a mulher tenha alguma condição especial? Ela precisa de um acompanhamento especial, inclusive, durante a gestação?
    – Um pré-natal e acompanhamento da gestante adequado, saber o que motivou a realização da cesárea e como transcorreu o parto anterior (se a paciente entrou em trabalho de parto, houve dilatação do colo, que tipo de incisão uterina foi realizado) são fundamentais informações para um seguimento apropriado.
  4. Em que casos o parto normal é realmente contraindicado, quando já houve uma cesárea antes? Em quais situações o parto normal já não é mais tão seguro para mãe e filho?
    – A partir da segunda cesárea o risco de rotura uterina está presente e se torna mais grave com o aumento do número de cesáreas anteriores. As situações que indicam a cesárea são semelhantes para aquelas pacientes que tiveram uma cesárea anterior, parto normal prévio ou ainda não tiveram filhos, como exemplos: placenta previa centro total, miomectomia prévia, apresentação fetal anômala, sofrimento fetal intraparto, parada da dilatação.
  5. Quais são as vantagens de um parto vaginal pós-cesárea?
    – São as vantagens inerentes ao parto normal como menor dor pós-parto, menor risco de infecção, diminuição das aderências e do risco de ascetismo placentário em futuras gerações.6- Que cuidados o parto normal pós-cesárea exige?
    Logo após saída da placenta, deve-se fazer a revisão da cavidade uterina com atenção especial a região da cicatriz uterina anterior. Para a paciente em si, não há diferença, sendo os cuidados do puerpério semelhantes à de qualquer pós-parto normal.

Deixe um comentário